O Filho de Rambow



Junto com o excelente Rebobine, Por Favor de Michel Gondry, O Filho de Rambow é uma das homenagens mais belas a sétima arte. Lançado diretamente em DVD no Brasil e sem nenhum alarde, trata-se de um dos melhores filmes do ano. Escrito e dirigido por Garth Jennings, diretor do ótimo O Guia do Mochileiro das Galáxias, conta a história de dois garotos marginalizados pelos colegas de escola (um por ser um pentelho, outro pela religião) que resolvem fazer um filme com uma câmera VHS sobre o filho do Rambo, que é obrigado a resgatar seu pai, e acabam criando uma amizade inusitada e divertidíssima.

O filme é uma comédia dramática interessante e muito bem feita, que sempre tem uma carta bacana na manga, como a ótima animação que mostra como um dos garotos tem a idéia da trama para seu filme quando vê um espantalho, ou o "ator" francês que parece ridículo de início, mas se torna um personagem adorável. Bem escrito, O Filho de Rambow ainda desenvolve muito bem os conflitos de seus personagens, incluindo um curioso (e respeitoso) conflito no lado religioso da história.

O elenco mirim do filme em sua maioria, nunca havia atuado antes, o que garante um clima descontraído e inocente aos seus personagens, algo raramente visto em produções com atores mirins. A espontaneidade de seus protagonistas é responsável por um sorriso que dificilmente vai sair do rosto do espectador (como o momento em que o filho do Rambo se empolga em uma cena hilária).

Mesmo que o final acabe soando um pouco esquemático e certinho, O Filho de Rambow é uma comédia divertida e inteligente para ver com toda a família (algo que também está ficando raro), e por qualquer um que ame o cinema. No final das contas, O Filho de Rambow também é uma clara lembrança de porque vamos ao cinema e amamos tanto essa arte.

NOTA: 10

4 comentários:

Ibertson Medeiros disse...

Achei bem melhor que Rebobine, por favor. O de Gondry não achei isso tudo não, apesar da boa idéia e boas cenas.

Tiago Lipka disse...

Pois é, Ibertson, eu gostei MUITO de Rebobine, Por Favor, mas também acho O Filho de Rambow superior.

Abraço. o/

Anônimo disse...

O Filho de Rambow sem dúvida é melhor!

*Dai* disse...

Um filme Maravilhoso que consegue divertir e emocionar ao mesmo tempo. Destaque para a forma natural com que foram abordados temas polêmicos como religião e discriminação social. As atuações mirins também estão muito boas. Recomendo!! :)

Real Time Web Analytics